Último jogo do Papão no ano terá trio feminino da FIFA

Último jogo do Papão

Apontada como principal candidata brasileira para representar o país na arbitragem da Copa do Mundo de futebol feminino, que será em 2019, na França, a árbitra Edina Alves Batista será a autoridade máxima da última partida do Paysandu nesta temporada de 2017. Ela terá o apoio das auxiliares, que também integram o quadro internacional de arbitragem, Neuza Inês Back e Tatiane Sacilotti. O duelo será às 20h30 (horário de Belém) desta sexta-feira (24), no estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis (SC), pela 38ª rodada da Série B do campeonato brasileiro.

Paranaense de Goioerê, a 534,9 quilômetros da capital Curitiba, Edina Alves Batista, de 37 anos, arbitrou dez partidas, sendo seis pelo Brasileiro feminino – inclusive a final entre Corinthians (SP) e Santos (SP) – e o restante pelo masculino, com dois pelo Brasileiro sub-20, um pelo sub-23 e outro pela Série D do campeonato brasileiro.

Periodicamente, a Comissão de Arbitragem da CBF envia à Fifa relatório sobre o desempenho da árbitra. ‘A Edina está cotada para o Mundial Feminino. Ela e as assistentes Neuza Inês Back e Tatiane Sacilotti estão buscando o aprimoramento constante. Recentemente, eu assisti um jogo da Edina (Coritiba x Grêmio, pelo Brasileiro Sub-20) e vi que teve um avanço muito importante’, disse o coronel Marcos Marinho, chefe da arbitragem da entidade brasileira à CBF.

Além da paranaense Edina Alves Batista, o Brasil tem atualmente outras três árbitras no quadro da Fifa. A pernambucana Deborah Cecília Correa, a paulista Regildênia Holanda de Moura e a carioca Rejane Caetano da Silva.

O quadro de arbitragem da partida entre Figueira e Papão será completado com os catarinenses Eduardo Cordeiro Guimarães (CBF), como quarto-árbitro, e com o analista de campo Vayran da Silva Rosa (CBF).

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here