Transformista do Amapá é eleito Miss Brasil Gay Universo 2017

Miss Brasil GayEm uma noite de luxo, cores, glamour, vestidos cravejados de pedraria e muito brilho, o transformista do Amapá Diego Santos, de 27 anos, foi eleito Miss Brasil Gay Universo 2017 no sábado (30). Ele, que usa o nome Isis Goulart, disputou o prêmio com outros 26 representantes em concurso realizado na cidade de São Paulo.

Dedicação e paciência foram as características que renderam o título para o representante amapaense. Foram avaliados a transformação, o resultado final do processo e o desempenho de cada um na passarela.

Isis foi eleita Miss Amapá Gay Universo em março deste ano, onde ganhou passagens de ida e volta, hospedagem e alimentação em São Paulo, junto com a equipe, onde representou o estado na disputa nacional. Na época, o vencedor disse que a vitória é resultado de um trabalho em equipe. Para ele, o título é uma grande responsabilidade de representar a comunidade LGBT do Amapá.

“Ser miss, na minha opinião, é representatividade. Com essa faixa irei representar todos os LGBTs do meu estado. E ouvir de absolutamente todos que mereci o título, me fez sentir ainda mais lisonjeado. Gostaria de mencionar agradecimentos à minha equipe, que sem o quais não teria chegado ao título”, enfatizou.

O concurso mobiliza 26 estados brasileiros e o Distrito Federal. São 27 candidatos, entre os quais é escolhido o mais belo transformista do país. A principal regra é: os concorrentes devem ser do sexo masculino, não podem ser travesti ou transexual, sendo proibidas as intervenções cirúrgicas estéticas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here