Projeto de Lei obriga preso pagar pelo custo de sua estadia na prisão

Destaques da história

  • Por Márcio Costa

O Senado está votando um projeto de Lei onde o preso pagará por sua estadia na prisão. Algo que a população está querendo há muitas décadas, só agora é direcionado a atenção dos políticos. Pra quem não sabe, os presídios podem ser privatizados. A empresa contrata os serviços dos presos pagando ao estado pelo serviço. Assim o custo se torna renda. Pelo menos para repor todo o trabalho do estado para manter milhares de presos que não podem conviver com a sociedade por sua obstinação em fazer o mal e tentar burlar a lei. O projeto se passar pelo Senado irá imediatamente para a Câmara e ficará nas mãos dos Deputados. O problema são mesmo os esquerdistas que com certeza serão contra. Sabe-se que os esquerdistas defendem os criminosos com unhas e dentes. Não se tem entendimento do porque as comissões de Direitos Humanos amparam muito mais os bandidos que as próprias vítimas. Mas já é notória a inutilidade de socialistas para a sociedade. Servem para enaltecer o Lula, presidiário, e para defender bandidos. Pois bem, temos a oportunidade ímpar de tirar o peso de criminosos das costas do Estado. Sabe-se que os presos são melhores alimentados que os próprios estudantes, cuja merenda sempre é mirrada. Uma das muitas injustiças de um pobre país chamado Brasil. Então a sociedade tem que mostrar o seu desejo e lutar para que este projeto seja aprovado. Afinal de contas, as eleições estão aí. Os políticos estão receosos de não se elegerem, pois podem cair nas mãos de juízes como nosso herói Moro. Aproveitando o ensejo lembro que a maioria dos políticos estão sendo investigados. Portanto seria a oportunidade impar de renovar a Assembleia e o Senado. A não ser que sociedade goste e queira que bandidos continuem a mamar nas tetas do estado. Nesse caso, seria bom todos se manifestarem. Desse jeito este singelo colunista iria embora de vez para outro país. Por que diga-se de passagem. “Parem o mundo, que eu quero descer!”.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios