Guamá apresenta plano para tratamento emergencial do chorume do aterro

A Guamá Tratamento de Resíduos apresentou para os técnicos da SEMAS – Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade, dentro do prazo legal, o plano para tratamento emergencial do chorume atualmente estocado nas lagoas do aterro sanitário de Marituba. O plano prevê estratégias dotadas de toda a segurança necessária e que garantem a preservação do meio ambiente.

Nesse plano, a empresa apresenta à SEMAS três alternativas para remoção e tratamento do volume de chorume estocado nas lagoas. Todas as alternativas propõem tratamento interno e externo (dentro e fora do aterro), em diferentes medidas. Enquanto a SEMAS analisa o plano apresentado, a empresa continua tratando o chorume com as duas plantas de osmose reversa existentes e já iniciou, com a devida aprovação da Secretaria, a retirada do chorume – via carretas – para tratamento externo.

A empresa reafirma seu compromisso com o meio ambiente, nega que tenha cometido crime ambiental e reitera a seriedade com que encara esse assunto, deixando claro que se encontra à disposição das autoridades para eventuais detalhamentos das referidas operações.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Artigos relacionados

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios