Paysandu empata fora de casa com o Luverdense

paysandu

O Paysandu continua sem saber o que é vencer o Luverdense-MT fora de casa. Contra o clube do Mato Grosso, nesta terça-feira (17), os bicolores também não perderam, mas ficaram no empate em 1 x 1, estacionando na 12ª posição da Série B.

Os gols saíram apenas no primeiro tempo de jogo. E o Papão saiu na frente com Bergson, em belo chute. O empate do Luverdense-MT saiu da cabeça de Marcos Aurélio, nos segundos finais da primeira etapa.

Agora os bicolores somam 38 pontos na tabela, precisando de mais sete em oito rodadas, para se livrar matematicamente das chances de rebaixamento. Na próxima rodada, mais um compromisso fora de casa, dessa vez contra o Londrina-PR, no sábado (21), às 16h30 (horário de Belém).

Papão leva empate no final: O Paysandu começou bem o jogo contra o Luverdense. O Papão repetiu a receita de seus melhores jogos fora de casa e conseguiu engatar bons contra-ataques, mas desceu para o intervalo com empate, após vacilo na reta final da primeira metade de jogo.

Os bicolores, mesmo com três volantes e três atacantes, conseguirem encaixar transições rápidas da defesa para o ataque. O gol, porém, saiu do principal jogador do time em jogada característica, quando Bergson ajeitou a bola para a perna direita e chutou bonito, sem chances para o goleiro. 1 x 0.

O gol não diminuiu e nem mudou a postura do Paysandu, que continuava assustando nos contra-golpes. O Luverdense, porém, passou a arriscar mais e também conseguiu criar algum perigo para o goleiro Emerson.

Aos 48 minutos da etapa inicial, o Papão foi punido em jogada pela ponta que culminou em cruzamento para o baixinho Marcos Aurélio tocar de cabeça para o fundo do gol e deixar tudo empatado. 1 x 1.

Luverdense pressiona: Na volta do intervalo, o time comandado por Marquinhos Santos não conseguiu repetir o desempenho de boa parte do primeiro tempo. Com formação mais cautelosa, usando os homens de ataque para fechar as laterais, o time alviceleste apenas esperou pelo adversário.

O LEC cresceu e poderia ter feito o segundo gol com o atacante Eduardo, após falha do goleiro Emerson em lance de cruzamento, mas a finalização foi pela linha de fundo.

A dinâmica da partida foi a mesma até os minutos finais, de um time propondo ataque enquanto o outro esperava oportunidade para contra-ataque cirúrgico. Enquanto o Papão travou na falta de criatividade, o time do Mato Grosso parou no goleiro Emerson, que realizou algumas boas defesas e garantiu o empate.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here