Em dois anos, Brasil terá cerca de 1,2 mil novos casos de câncer

Uma pesquisa realizada pelo Instituto Nacional do Câncer (Inca) indica que aproximadamente 1,2 milhão de novos casos de câncer aparecerão em 2018 e 2019. O levantamento apontou que serão cerca de 600 mil novos casos, em cada ano, aproximadamente 282.450 em mulheres e 300.140 em homens.

Dentre as causas estão: tabagismo, ingestão de álcool, obesidade, sedentarismo e exposição intensa ao sol. Todos relacionando com o estilo de vida que cada pessoa leva.

Segundo a diretora geral do Inca, Ana Cristina Pinho, o tipo de câncer mais comum no Brasil ainda é o câncer de pele não melanoma, resultado da exposição intensa ao sol. Este é o tumor menos letal, com 165.580 casos novos. A identificação precoce apresenta altos percentuais de cura e baixas mortalidade. Depois de pele não melanoma, os dez tipos de câncer incidentes no Brasil serão próstata, mama, intestino, pulmão, estômago, colo do útero, cavidade oral, sistema nervoso central, leucemia e esôfago.

Em coletiva realiza ainda nesta manhã, o Ministro da Saúde, Ricardo Barros, aproveitou o momento para também anunciar campanha do Dia Mundial do Câncer, que ocorre no dia 4 de fevereiro. Como personagem principal da discussão, será lembrado o sambista Neguinho da Beija-flor. O artista lutou contra um câncer de intestino em 2008, e é considerado um dos “sobreviventes do câncer”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here