MS – Educação promove palestra sobre Práticas Educativas

Nos dias 18 e 19 de agosto, na Câmara Municipal de Vereadores foram realizadas duas palestras com a renomada educadora paranaense Regina Emiko Shudo, da Universidade Estadual de Maringá, com o objetivo de valorizar o profissional da educação trazendo práticas educativas atuais, assim como, atender também as necessidades constantes de formação dos profissionais da área da educação.

Regina é pedagoga, especialista em educação infantil, atuando há 32 anos na área educacional. É autora da Coleção Brincar e Pensar, com experiência profissional em diversos congressos e seminários na área pública e privada.

A palestra atendeu os profissionais do Ensino Fundamental e da Educação Infantil da Rede Municipal de Naviraí, servindo como um instrumento de autoavaliação, tendo como foco o professor, maior responsável em superar os desafios educacionais.

Fizeram parte da mesa de autoridades Fátima Liutti Gerente Municipal de Educação, Viviane Besão, representante da UFMS, Carmem Lúcia Cândido Presidente do Conselho Municipal de Educação, Gilda Ferreira dos Santos Diretora do CIEI Maria José da Silva Cançado, profa. Edna Gracioso da Costa, diretora da E.M. Marechal Rondon.

Os temas abordados nas palestras foram: A transição entre o cuidar e o educar; práticas educativas estimulantes, competências e habilidades que devemos desenvolver nos adultos que atuam com crianças de primeira infância, a formação de leitores competente, e a gestão de sala de aula.

Na oportunidade a Gerente Municipal de Educação e o gerente do Banco do Brasil Leandres Ragoni Medeiros, assinaram o Termo de Cooperação Mútua entre a Prefeitura e a AABB Comunidade. O Programa consiste em uma proposta de complementação educacional, baseada na valorização da cultura do educando e de sua comunidade.

Essa complementação é efetivada por meio de atividades lúdicas desenvolvidas em torno de áreas como saúde e higiene, esporte e linguagem artística, possibilitando a construção de conhecimentos e o acesso à cidadania. O programa com fundamento no ECA – Estatuto da Criança e do Adolescente, tem como objetivo fundamental a complementariedade escolar e a inserção social e atende a crianças e adolescentes na faixa etária de 6 a 18 anos incompletos e serão atendidos 100 educandos que serão selecionados pela GEMED para a complementação socioeducacional.

A gerente de educação disse da importância da realização do evento que com certeza promove a interação socioeducativa dos professores buscando novos métodos, especialmente a educação da primeira infância, onde a criança por sua vez está descobrindo o seu mundo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here