Fugitivo da justiça vai comer maniçoba no Círio e acaba preso

Ele ainda é acusado de matar a esposa com duas facadas

Mesmo após um período de cinco anos, Antônio Otto de Menezes Filho, de 60 anos, ainda não apresentava arrependimento do crime que cometeu em 2012. Ele ainda é acusado de matar a esposa com duas facadas. Ela se chamava Elisângela Miranda Maia e morreu com um golpe no coração. Antônio ainda responde por um processo por homicídio doloso(com intenção) e já possuía um mandato de prisão decretado pela 1ª Vara de Violência Doméstica e Familiar contra Mulher. Ele estava foragido, se escondendo e trabalhando como vendedor ambulante. No dia 13, sexta-feira, ele foi capturado porque queria comer maniçoba em Belém. Atualmente ele estava morando em Igarapé-Miri. Ele foi conduzido a unidade policial e encaminhado para o Sistema Penitenciário do Estado.

É bom citar que a morte da esposa aconteceu de forma cruel e covarde. A mulher foi morta no meio da rua após ser agredida. Ela foi morta por ciúmes e era comum ele agredi-la.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here