Fugitivo da justiça vai comer maniçoba no Círio e acaba preso

Mesmo após um período de cinco anos, Antônio Otto de Menezes Filho, de 60 anos, ainda não apresentava arrependimento do crime que cometeu em 2012. Ele ainda é acusado de matar a esposa com duas facadas. Ela se chamava Elisângela Miranda Maia e morreu com um golpe no coração. Antônio ainda responde por um processo por homicídio doloso(com intenção) e já possuía um mandato de prisão decretado pela 1ª Vara de Violência Doméstica e Familiar contra Mulher. Ele estava foragido, se escondendo e trabalhando como vendedor ambulante. No dia 13, sexta-feira, ele foi capturado porque queria comer maniçoba em Belém. Atualmente ele estava morando em Igarapé-Miri. Ele foi conduzido a unidade policial e encaminhado para o Sistema Penitenciário do Estado.

É bom citar que a morte da esposa aconteceu de forma cruel e covarde. A mulher foi morta no meio da rua após ser agredida. Ela foi morta por ciúmes e era comum ele agredi-la.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Artigos relacionados

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios