Freud e Salvador Dalí se encontram no palco do Theatro da Paz, em Belém

O que aconteceria se o pai da psicanálise, ao se refugiar em Londres para fugir do nazismo, se encontrasse com Salvador Dalí? Segundo o dramaturgo Terry Johnson, muita confusão! Este é o enredo da peça “Histeria”, que foi adaptada para o português por Jô Soares e será encenada de sexta (23) a domingo (25) na capital paraense.

A comédia se passa no ano de 1938, e traz uma mistura da psique humana estudada por Freud com o delírio surrealista do pintor catalão. “Achei que era uma fantasia da cabeça do autor, mas é tudo baseado em fatos. Poucos sabem da conexão entre essas duas personalidades”, disse Jô Soares, que adquiriu os direitos da peça após assistir a montagem dirigida por John Malkovich em Paris.

 Jô Soares volta a dirigir peça de teatro após três anos (Foto: Carol Caminha / Gshow )

Jô Soares volta a dirigir peça de teatro após três anos (Foto: Carol Caminha / Gshow )

“Histeria” marca o retorno de Jô à direção teatral após três anos de afastamento dos palcos. Segundo o ator Norival Rizzo, que interpreta Freud, a parceria com o humorista ajuda a ilustrar que a realidade do psicanalista não é muito distante dos delírios do artista.

“Já tive em outras oportunidades o prazer de falar sobre o trabalho com o ‘mito’ Jô Soares. Trata-se de um artista completo, ator, diretor, apresentador, escritor e amigo sempre pronto para nos ajudar com palavras de carinho. Como diretor, é um mestre incomparável, sempre mostrando o ‘caminho das pedras’ uma lição de interpretação, de como se comportar num palco”, afirma.

Matéria publicada originalmente por G1 Pará

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here