Cátedra Paulo Freire da Amazônia realizou evento em Belém

Cátedra Paulo Freire

O direito a uma educação de qualidade é conferido a todos os brasileiros pela Constituição, entretanto, grupos tradicionais do país, como os quilombolas, os indígenas e os moradores de comunidades distantes dos grandes centros, ainda não se consideram contemplados. Para trazer ao debate essa questão fundamental para a Região Norte, a Cátedra Paulo Freire da Amazônia realiza a partir de hoje o seu primeiro encontro, no Centro de Ciências Sociais e Educação (CCSE) da Universidade do Estado do Pará (Uepa).

Cátedra Paulo FreireCom o tema “Educação Popular, Território e Direitos Humanos na Amazônia”, o encontro apresenta os resultados parciais de pesquisas realizadas por integrantes da Cátedra, que inclui discentes e docentes de diversas Instituições de Ensino Superior (IES). “Fizemos um programação voltada para socializar os achados dos estudos, ainda em andamento, que resultam da pesquisa colaborativa da rede ‘O legado de Paulo Freire na Amazônia’, iniciada em agosto de 2016”, observou o vice-coordenador da Cátedra, João Colares.

O evento começou com uma alvorada cultural, que recebeu os participantes com um café da manhã e música promovida pelo grupo de Carimbó do Curro Velho. Na mesa oficial de abertura, a coordenadora do NEP, Ivanilde Apoluceno, criticou a articulação política que tenta tirar de Paulo Freire o título de patrono da educação no Brasil. “O pensamento educacional de Paulo Freire, e a sua educação popular, precisam mais do que nunca estar em debate neste momento em que forças políticas tentam minar seu legado. Discutir o que temos e o que fazemos é vital para estimular e ampliar os estudos acerca do tema”, pontuou a professora.

Coordenada pelo Núcleo de Educação Popular Paulo Freire (NEP) da Uepa, a Cátedra congrega pesquisadores e grupos de pesquisa, educadores, profissionais, militantes que se referenciam pelo legado de Paulo Freire, nos estados do Pará, Amapá e Amazonas. Além da Uepa, a Cátedra tem a participação da Universidade Federal do Pará (UFPA); do Instituto Federal do Pará (IFPA); da Universidade Federal do Amapá (Unifap); Universidade do Estado do Amapá (Ueap), da Universidade do Estado do Amazonas (UEA) e da Universidade Federal do Amazonas (Ufam).

O I Enconto da Cátedra Paulo Freire da Amazônia foi realizado em Belém entre os dias 21 a 23 de novembro de 2017 na Universidade do Estado do Pará, no Auditório Paulo Freire do CCSE, localizado na Travessa Djalma Dutra, s/n, no bairro do Telégrafo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here