Amapá: Festival Cantando Marabaixo abre inscrições e vai premiar novas composições

Festival Cantando MarabaixoMúsicos, compositores e estudantes já podem se inscrever no II Festival Cantando Marabaixo, que apresentará 30 canções inéditas de marabaixo, sendo 10 vagas exclusivas para alunos de escolas públicas. O festival é promovido pelo governo do Estado em parceria com Movimento Nação Marabaixeira, e acontecerá nos dias 3, 4 e 5 de novembro.

As inscrições para o evento iniciaram no último dia 11 de setembro e seguem até o dia 13 de outubro, exclusivamente na Secretaria de Estado de Políticas para Afrodescendentes (Seafro).

Segundo o coordenador do festival, Carlos Pirú, o evento tem como objetivo valorizar a musicalidade do marabaixo estimulando a criação de novas composições e o surgimento novos cantores e compositores do seguimento, e não é voltado somente para o segmento marabaixeiro, motivo pelo qual foram inclusas no regulamento as vagas exclusivas para escolas.

“Queremos incluir nos estabelecimentos de ensino do Amapá essa musicalidade para fortalecermos nossa cultura”, explicou Calos Pirú.

Os organizadores aproveitam o período que antecede o festival para realizarem diversas oficinas nas escolas que confirmam participação no evento. “A intenção é nortear as futuras produções e mostramos como se confecciona uma caixa e outros instrumentos peculiares do marabaixo”, completou o coordenador.

De acordo com a secretária de Estado de Políticas para Afrodescendentes, Núbia Souza, o intuito da Secretaria é manter apoio direto às ações que propagam a cultura amapaense com raízes africanas. “Nosso compromisso é para todas as vertentes que buscam manter a nossa cultura viva e o festival vem mostrando esse caminho. Por isso, incentivamos o movimento para ser tornar cada vez melhor”, explicou.

As canções inscritas no festival passarão antes por uma seletiva na qual serão avaliadas por um corpo de jurados que analisarão letra, melodia e originalidade. As eliminatórias acontecerão nos dias 20 e 21 de outubro.

No dia 20 haverão inscrições gerais e 20 canções serão classificadas. O evento ocorrerá na Maloca da Tia Chiquinha, no Curiaú, a partir das 19h. Já no dia 21 acontece a seletiva estudantil e mais 10 canções serão selecionadas para o festival. O processo seletivo será na Escola Estadual Jesus de Nazaré, a partir das 18h.

Após as eliminatórias, ocorre o evento para escolha das melhores canções, com duas etapas eliminatórias nos dias 3 e 4, e a final no dia 5. O festival acontecerá na quadra da Escola de Samba Maracatu da Favela e serão premiadas as três primeiras canções com troféus e um valor em espécie.

Inscrições

Para fazer sua inscrição o candidato deve ir até o prédio da Seafro, na Rua General Rondon, nº 1119, Centro, no período de 11 de setembro à 13 de outubro, no horário de 8h às 12h e das 14h às 17h. No ato, será preenchida uma ficha de inscrição, assinada pelos compositores e intérpretes, na qual será anexada o CD com gravação da música e 15 cópias da letra da canção, com documento que autoriza o uso de suas obras e imagens pela coordenação. No caso de menor de 18 anos, os documentos serão assinados pelos seus responsáveis legais.

Premiações

1º Lugar – R$ 3.000,00 + Troféu

2º Lugar – R$ 2.000,00 + Troféu

3º Lugar – R$ 1.000,00 + Troféu

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here